quem somos | notícias | cursos | espaço expositivo | serviços | contato

paula batista

Paula Batista. Gigantes na Luta. Ações realizadas no contexto pandêmico, 2020.

sinopse

Durante a pandemia de COVID 19 ficamos restritas ao espaço do lar, sendo a internet a única possiblidade segura de interação e conexão com o mundo externo. Eu uma pernalta (perna de pau) de rua e integrante da coletiva Gigantes na Luta: um grupo de mulheres feministas que andam em pernas de pau, ativamente engajadas nas causas sociais e políticas. Afastada do nosso território de atuação: as ruas. As ambições foram direcionadas para busca de novas possibilidades de realizações artísticas tanto individuas quanto no âmbito do artivismo coletivo. Nesse cenário, este trabalho apreende através de fotografia momentos de experimentações das possibilidades no cenário doméstico e um vídeo manifesto criado com intenção de reverberar as falas das Gigantes na luta no contexto do dia internacional 8 de março – 8m disponível no link: https://www.instagram.com/tv/CMx5T73JtGQ/?igshid=1eim55cnc2h3h

minibio

Paula Batista, pernalta (perna de pau) integrante de blocos de carnaval do Rio de janeiro. Articuladora da Coletiva nacional Gigantes na Luta, composta por mulheres pernaltas. Fisioterapeuta, mestranda em Teatro pela Udesc, pesquisadora de Carnaval e suas intersecções e interações com as marchas, passeatas e atos políticos nas ruas, tendo como foco as imagens políticas. Artivista, acredita na arte como ferramenta de transformação social.

GIGANTES na Luta: Somos a Coletiva GIGANTES NA LUTA formada por pernaltas feministas, com núcleos em várias cidades do país. Acreditamos na arte e temos a perna de pau, esse brinquedo ancestral, como ferramenta de empoderamento e elo de conexão entre nós e o mundo. Um instrumento que potencializa, nos une e utilizamos para ocupar as ruas dando visibilidade as pautas que acreditamos. JUNTAS SOMOS GIGANTES!

Vídeo: disponível intagranm @gigantesnaluta. duração 1mim e 13 s. Edição março de 2021 por Paula Batista. Revisão e ampliação do texto manifesto Maria Carolina. Locução Thaisa Rudge